15 de Maio de 2021
tema02

Notícias

RIO ARRAIAL E SUA HISTÓRIA.

É preciso cuidar e preservar a nossa história.

 

O rio Arraial deu nome à cidade. Arraial. Substantivo masculino, lugarejo de caráter provisório, temporário, pequena aldeia.

A própria definição ARRAIAL (lugarejo de lugar provisório e temporário) que arremete o Festejo Junino, é dita de diferentes formas, o termo técnico para isso é Variação Dialetal, quando uma palavra mantém seu significado apesar de ser pronunciada de maneiras distintas.

Arraial:
Povoação de caráter temporário, geralmente formada em função de certas atividades extrativas, como a lavra de minérios ou metais raros, pesca; lugarejo provisório; aldeolas de pescadores.

Bem antes de formação de cidade Arraial era um lugarejo com o nome de Campo Alegre de Santana, onde viajantes pernoitavam para um bom descanso e no dia seguinte seguir viagem, o transporte de mercadorias da época eram feitas em costas de animais. As margens do rio Arraial paravam por uma noite para descansar, colocavam seus animais para pastarem, banhavam e bebiam agua do rio Arraial com sua pureza límpida e corrente. Por isso a definição de “lugarejo, lugar provisório “a época”“.

Por ocasião de seu desmembramento do município de Amarante elevando-se a categoria de cidade, recebeu o nome de Arraial, em homenagem ao seu rio.

Rio Arraial que nos trás saudades da infância da época de aguas puras e cristalinas, hoje agoniza por causa dos desmatamentos e depredações humanas.

Ah que saudade que dá das mães lavando roupas nas pedras do curtume, izuina, poço da volta, vaca morta e tantos nomes e adjetivos usados na época. Que a diretoria do meio ambiente possa fazer algo para salvar nosso rio que as pessoas se conscientizem da importância do rio no meio em que vivemos.

A conservação de um rio começa pela preservação de sua nascente. Uma das principais medidas para garantir a preservação da água é o enriquecimento da mata que cerca a nascente, uma vez que a vegetação funciona como uma barreira viva de proteção. Além disso, é fundamental preservar a vegetação já existente.

Alguns dos principais vilões que levam à diminuição do volume e da qualidade da água dos rios são o desmatamento das encostas e o uso inadequado dos solos. Nesse sentido, todas as pessoas podem ajudar a preservar rios e nascentes por meio do correto descarte de lixo. Bitucas de cigarro, por exemplo, podem levar a queimadas, enquanto o acúmulo de materiais nas encostas pode mudar o volume de água dos rios.

É importante, ainda, reduzir a poluição proveniente de fossas, currais, chiqueiros e galinheiros. Além disso, o uso de adubos e agrotóxicos não deve ser feito em áreas de várzea e próximas às nascentes e rios. Para manter a água das nascentes pura, recomenda-se cercá-las a uma distância mínima de 50 metros de raio, evitando a entrada do gado e, consequentemente, a contaminação da água.

Além disso tudo, é preciso consciência. Afinal, a água é um recurso natural insubstituível e que deve ser valorizado e utilizado sem excessos.

Resta-nos pedir as autoridades olhem com muito carinho para o rio Arraial, não o deixe morrer.