26 de Setembro de 2021

Notícias

PREFEITURA COMEMORA FESTA JUNINA.

SEMAS – Secretaria Municipal de Assistência social realizou o Arraiá de porta em porta.

Devido a Pandemia da Corona Vírus as tradicionais Quadrilhas Juninas foram feitas de forma diferente, a Secretaria Municipal de Assistência Social - SEMAS de Arraial-PI realizou no dia 29 de junho um "Arraiá de Porta em Porta", levando alegria e animação aos idosos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos - SCFV com segurança, distanciamento social e álcool gel.

Teve também o Arraiá Solidário. O Arraiá Solidário da SEMAS foi um sucesso! A população arraialense abraçou essa causa tão nobre que é ajudar. Em breve a SEMAS estará fazendo a distribuição das cestas básicas às famílias em situação de vulnerabilidade. Em tempos de pandemia a gestão pública demonstra zelo e compromisso com os mais necessitados.

FESTA JUNINA.

As festas juninas são comemorações que acontecem no mês de junho no Brasil. Nela se comemoram três santos populares: Santo Antônio, São Pedro e São João.

A origem da festa junina é pagã, ou seja, é contrária à doutrina cristã, porque as festas que deram origem às festas juninas homenageavam os deuses da natureza e da fertilidade e pediam fartura nas safras, pois era nessa altura que começava o período da colheita de cereais.

Mas, como a igreja não conseguia acabar com a popularidade dessa festa - que surgiu há centenas de anos -, acabou aderindo a ela e atribui-lhe um caráter religioso.

Tradicionalmente, as festas juninas começam no dia 12 de junho, véspera do dia de Santo Antônio, e encerram no dia 29 de junho, dia de São Pedro. Já nos dias 23 e 24 é celebrado o dia de São João.

Origem da festa junina

A origem da festa junina é pagã e, assim, não tinha o caráter religioso que assumiu anos depois, e que continua até hoje.

Ainda antes da Idade Média, no hemisfério norte, as pessoas comemoravam a chegada do verão - no mês de junho - homenageando os deuses da natureza e da fertilidade, ao mesmo tempo em que pediam uma colheita farta.

Isso acontecia porque era a altura da colheita de cereais, tal como o milho - que hoje é o ingrediente mais comum nas comidas típicas de festa junina.

As fogueiras, um símbolo característico das festas juninas atualmente também tem origem na festa pagã, porque era costume fazer fogueiras nas celebrações.

No Brasil, as festas juninas foram introduzidas pelos portugueses no período colonial. Em Portugal, a festa junina tinha o nome de Festa Joanina, possivelmente pelo fato de acontecer em junho ou talvez por causa de São João, que é principal santo da comemoração; motivo pelo qual as festas juninas também são chamadas de Festa de São João.

Os três santos católicos - São João, Santo Antônio e São Pedro - foram escolhidos para serem comemorados na festa junina porque eram os santos mais populares do mês de junho.

São João teria nascido em 24 de junho e é muito popular entre os portugueses, que tiveram muitos reis com esse nome, os quais construíam capelas em homenagem ao santo.

São Pedro, martirizado em 29 de junho, é considerado o primeiro Papa da igreja. Santo Antônio, por sua vez, que morreu no dia 13 de junho, nasceu em Lisboa.

Desde que as festas juninas foram trazidas pelos portugueses, a comemoração sofreu influências das culturas africanas e indígenas e, por isso, ela possui características peculiares em cada parte do Brasil.